Olhos nos olhos…

Uma música bem especial tomou minha mente hoje. Chico e sua leveza, sua arte de compôr e envolver… de emocionar…

Não há reflexão melhor que essa para um dia como hoje… é… um dia de ser dia.

 

“Quando você me deixou, meu bem,
Me disse pra ser feliz e passar bem.
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci,
Mas depois, como era de costume, obedeci.

(... há aqui um olhar... que olha no olho, que enxerga sentimento... o meu olhar... - Olívia Figueredo)

Quando você me quiser rever
Já vai me encontrar refeita, pode crer.
Olhos nos olhos,
Quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

E que venho até remoçando,
Me pego cantando, sem mais, nem por quê.
Tantas águas rolaram,
Quantos homens me amaram
Bem mais e melhor que você.

Quando talvez precisar de mim,
Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim.
Olhos nos olhos,
Quero ver o que você diz.
Quero ver como suporta me ver tão feliz.”

(Chico Buarque)

 

Twitter:   ( @_Olivia_F )

Facebook:   Olívia Figueredo

Cada EU e sua música…

‎”… a música mostra o caminho, proporciona o encontro “dos sozinhos”, faz pensar, deixa pensante… ama, desama, rir, chora, agradece, vive, promete, lembra, relembra, “trí-lembra”… serve de balança… se pergunta… “cadê? Onde? Por que? Quem? Quando? Será que é ele? Será que é ela? Será que os dois?”… e ela mesmo responde… “Aqui, alí, aculá…pela raiva, pela alegria, pela angústia, por compartilhar, devido aos pensamentos, suposições daqueles momentos que poderiam não acabar… Eu, você, ele, ela, nós, vós, Eles e elas… segunda, terça, mês passado, ano retrasado, paro ano, aquele final de semana, uma determinada sexta-feira… É ele, É ela, São os dois simmm…” … rsrsrs… Música mexe, remexe… e é por isso que conquista cada vez mais os que a cercam, assim como os que são cercados por ela.

Ela liberta… permite… deixa ser permitida…”

Olívia Figueredo

(Olívia Figueredo - 1ª Edição do Luau Just Friends - Natal/RN )

… e nesse momento, você que está lendo o post agora(no momento da publicação) ou você que vai ler mais tarde… que se permitiu entrar na música, e que deixou a música entrar em você, sentindo cada ação de toque cometido por ela… deixe aqui “AQUELA MÚSICA”, dentre as 100000000000 que podem te agradar, a que em algum momento de sua vida te marcou, te deixando lembranças inapagáveis… = ) … e se gostou da definição… continue com a proposta e compartilhe com os amigos, mostra o link pra galeraaa… cada um escrevendo uma música marcante fará de cada convívio um mundo de músicas deslumbrantes!!!

Twitter:  ( @_Olivia_F )
Facebook:   Olívia Figueredo

30 Anos sem “É Lis” …

 

Seu nome faz jus à sua doçura… flor de Lis que encantou… essa foi, é , e sempre será… nossa tão querida, amada e eterna Elis… Elis Regina.

 

…êis aqui um jardim, aquele jardim… que brinca de viver, que vive de brincar, vivendo de viver de brincar de ser de estar de cantarrr… êis aqui, um lindo jardim… de histórias, cantos, contos, tantos, tontos… de vidas a contar… Plantou flores, colheu amores, transbordou rumores… Fez música; encantou; despertou sorrisos; acostumou a todos com sua capacidade de expressar sentimento, facilidade em fazer arrepiar, com sua música excepcional, com o simples fato de falar… foi então que partiu… Partiu sem me dar a oportunidade e honra de habitar o seu mesmo espaço de convivência chamado Brasil. Foi nesse mesmo “82 precoce” que eu já previa a imensa falta que me faria nesse tempo chamado HOJE.

Olívia Figueredo ( @_Olivia_F )

Cantar…

Dia do Cantor!

… Procurei em minha mente uma forma de definir o que significa cantar. Diante de uma imensidão de sentimentos proporcionados pela música: alegrias que podem ser compartilhadas; momentos que são relembrados; angústias desabafadas; leveza, calma e paz, nos deixando a vontade; companhia em viagens; “levadas” enquanto encontra-se acompanhado; desabafo quando a angústia nos toma conta; porta voz quando não queremos falar; coração quando não queremos sentir…

…creio que, por hora (rsrsrsrs), consegui definir o que meu coração falou nesse momento sobre o que a música e o canto representa em minha vida…

” CANTAR…ato de: esbanjar sentimentos, atrair companhia, viajar em seu subconsciente, proporcionar prazeres, distrair-se com a alegria… Fazemos da música, uma amiga de nossos pensamentos, reflexões…e assim, a certeza expressada da consagração de uma alforria… ” ( @_Olivia_F  )

 

Olívia Figueredo

Em quem confiar…

É difícil, nos dias de hoje,  sabermos em quem podemos confiar e contar.

Estamos cercados de diferentes pessoas e personalidades; essas vêem acompanhadas com desejos e objetivos diferentes.
O grande segredo (que não é segredo) é contar com o respeito.

Nesse mundo grande de meu Deus, vamos vivendo e aprendendo a conviver com vários momentos e situações que nos colocam em prova de fogo.

…  descobrimos pessoas que dizem amigas e nos decepcionam!

… há pessoas usam de Maquiavel como uma espécie espelho; fazendo do fim uma justificativa para os meios…
… há pessoas que acordam hoje e são capazes de demonstrar o bom dia mais sincero… e outrora… um rosto maior de desprezo…
… há pessoas que aproveitam do que você pode oferecer para se beneficiar…
… há pessoas fazem de você o que tens…
… há pessoas que usam sua boa vontade de ajudar e querer ver tudo sempre bem para explorar…
… há pessoas que querem te iludir…

” Não somos falsos. Apenas aprendemos a conviver com pessoas falsas! … E por via das dúvidas, são conceitos bem distintos…” 

Olívia Figueredo

…mas… segundo o provérbio … ” Onde há vida, há esperança…”

… há pessoas que te fazem bem…
… há pessoas que te fazem feliz…
… há pessoas sinceras, amigas… que estão dispostas a chorar junto qualquer lágrima que venha a cair.
… há pessoas verdadeira, que não só falam o que tu queres escutar… mas sim… o que precisas ouvir.
… essas sim… são pessoas nas quais devemos contar!

Acho que fui abençoada em poder nascer com meu lado sensitivo bastante aguçado. Conheço as pessoas com facilidade, as entendo em um curto espaço de tempo, uma rápida conversa já me possibilita saber o que há por trás daquela personalidade…   E vos digo, não costumo errar !!! Não mesmo!  Talvez seja um dom… talvez não… só tenho a agradecer por tal ‘predicado’ !

Pra vocês, leitores, que não têm um dom sensitivo…
Pensem, conheçam (de fato) as pessoas a fundo para saberem se podem confiar. Nada melhor que a convivência para mostrar respostas…

… e quando encontrarem pessoas que realmente te façam sentir a vontade para dizer: ” Contigo posso contar, esse é meu amigo!” , saibam cultivar … Não são todos os dias que pessoas maravilhosas aparecem em nossas vidas.

“Pleonasmos construtivos não são necessários para expressar o seu carinho por alguém. Olhares, atenção, companheirismo e confiança é o suficiente na valorização e reconhecimento de uma amizade.”

Olívia Figueredo


Olívia Figueredo  ( @_Olivia_F  )

Beijo…

Nada mais justo que falar sobre o Beijo durante o seu dia!!!

… É… Hoje, 13 de abril, dia do Beijo!  rsrsrs

O que é o beijo? Uma definição explicável (se é que dá para se explicar…) seria dizer que trata-se de uma ‘contração da boca, provocada por uma dilatação do coração’.  Mas também é uma uma demonstração de afeto, de carinho, de amor.

O beijo é algo marcante e bastante presente em nosso dia-a-dia. Varia de acordo com os sentimentos, e é capaz de nos proporcionar diferentes sensações durante os vários momentos das nossas vidas.

Existe o beijo de amigo…
…beijo de conhecidos…
…beijos daquelas apresentações…
…existe até beijo de falsidade… esse, não desejo à ninguém…
…existe  o beijo de carinho …
… beijos cheios de desejos… HUmmmmmm… rsrsrsrsrs…
…beijos ardentes, cheios de paixão…
… existem aqueles que chegam de ‘repentãooo’… e mais ainda, aqueles que quando menos esperamos, se vão…

Durante esse dia, me peguei pensando numa definição mais sensata para o Beijo. Não sei se consegui encontrar, mas sei tudo que ele pode proporcionar…

“… Beijar … ato de : entrelaçar os lábios, inicialmente despertado por desejo do coração; esbanjar sentimentos; atrair companhia; viajar em seu subconsciente; proporcionar prazeres; distrair-se com a alegria.”

Olívia Figueredo



Fazemos dos sentimentos um amigo de nossos pensamentos, reflexões; do beijo , a certeza expressada da consagração de uma alforria.

Ele nos possibilita o bem estar, ‘perda de calorias’ (rsrsrs…),  envolvimento…

O beijo é capaz de tornar qualquer tempestade em serenidade, ou … qualquer serenidade em tempestade.
O beijo é capaz de fazer qualquer noite, uma noite de lua cheia… envolvente.
O beijo é capaz de fazer qualquer um perder o grande ápice do filme, numa sala de cinema.
O beijo é capaz de, talvez nem mover montanhas, mas fazer o mundo girar.
O beijo é capaz de fazer o pézinho, de cada princesa que existe dentro de nós, levantar.
O beijo pode nos fazer estar, ao mesmo tempo, em mais de um lugar.
O beijo é capaz de fazer qualquer um ver estrelas.
O beijo é capaz de deixar duas pessoas sem saber onde podem parar…   rsrsrsrs…
É capaz de fazer qualquer distância encurtar… como também, através das lembranças, serem vistos, quando alguém que se ama presente não está…
… por fim… ( mesmo sabendo que aqui não é o fim, e que o beijo não só para por aqui ) O beijo é capaz de ‘QUALQUER CAPACIDADE’… é capaz de ser capaz.

Falar de beijo é falar de momentos…

É maravilhoso deixar a chuva cair e observá-la debaixo do edredom com a pessoa amada. É incrível sentar-se na varanda da casa de praia e tocar a mão daquela pessoa que te faz companhia de forma envolvente, podendo sentir a brisa que sopra do amar. É fantástico ter aquela rede no ‘alpendre’ da fazenda, e receber o carinho de quem se ama, sentir o coração acelerar…

Hoje é dia 13. Hoje é dia do beijo. Que tal aproveitar esse dia e colocar em prática essa comemoração?

Beijemmmm… Não só hoje, mas façam de cada dia o dia do beijo, o dia para amar e ser amado, o dia de respeitar e ser respeitado, o dia de sentir-se bem, o dia de ser sincero para não machucar ou ser machucado, o dia de deixa as coisas fluírem, o dia de dar e receber carinho, o dia de saber aproveitar…  Conjulgar… é … conjulgar…

Eu Beijo
Tu Beijas
Ele Beija
Nós Beijamos
Vós Beijais
Eles Beijam…

 

 

 

 

 

“Beije, mas, acima de tudo, alguém que faça por merecer teu beijo. Teu valioso beijo…”

Olívia Figueredo

( @_Olivia_F )

Amor… O que é o amor?!

Algumas horas atrás, nesta segunda-feira nublada aqui em Natal, me pequei pensando qual seria o melhor tema para o Post de hoje.

… e por que não falar de amor, do amor, sobre amor…???

Muitas pessoas se perguntam que tipo de  sentimento é esse onde, na maioria da vazes, nos faz bem e ao mesmo nos proporciona um “Q” contraditório.

Já perguntaram o que é o AMOR pra mim. Mas, sinceramente, não sei responder, não sei explicar. Só sei que ele nasceu e vive a crescer dentro de mim, me fazendo renascer, me fazendo desperta.

Há pessoas que vivem para amar, outras que amam para viver. Algumas preferem falar: ” Antes amar e não ser amado, do que ser amado e não amar!”, outras não querem arriscar:  ” Prefiro ser amado e não amar, do que amar sem ser amado!” … Vai entender…

Há pessoas que brincam com sentimentos; acham que o coração pode mudar de opinião a qualquer hora. Mas lembrem-se que ele “é composto por musculatura cardíaca, sendo assim, aprensenta movimentos involuntários”… rsrsrsrrs…

Várias situações cercam nossas vidas e são marcadas pelos diversos tipos de amor…

Amor de Amigo… aquele que sempre podemos contar, quando o amor é, devidamente, verdadeiro…
Amor de Mãe…  vem do ventre… esse amor não tem fim, é incondicional…
Amor de Pai… amor protetor, cuidadoso… com aquela leve pitada de ciúmes… qual pai não tem?! (Por mais que não demonstrem… eles têm simmmm…!!! rsrsrsrs)
Amor de Marido…  amor companheiro, onde dois vivem num só… cumplicidade…
Amor de Paqueras… cheio de olhares, intenções… segundas intenções… rsrsrsrs …

Mas tem aquele amorrrrrrr… AMOR de envolvimento, de reconhecimento, atração, convivência… AMOR gostoso, cheio de descobertas… Amor ou paixão? Talvez ou dois !

… e por que não falar melhor desse? rsrsrsrs…

Ele chega sem percebermos, com quem menos esperamos, da maneira mais casual possível!
Amor de carinho, carência… maturidade, inocência… acompanhando um turbilhão de sensações… sem rezão… com razão… tão certo como dois mais três são sete!!!

Junto desse mesmo amor surgem os pensamentos, o mundo em volta, os ‘terceiros”…  e, com eles,  um toquezinho de insegurança também “chega junto”!

Temos o costume de sempre tratar as pessoas como se fossem iguais perante o amor. Nos ‘apegamos’ as decepções antigas e temos receios em viver o que está por vir; deixando de aproveitar o real sentido da vida. Claro que toda essa atitude é uma forma de defesa na qual nos apegamos na tentativa de evitar um novo sofrimento, mas… as pessoas são diferentes, agem de formas diferentes, pensam diferente e envolvem-se com intensidades diferentes.

Tudo na vida tem um preço a ser pago… e por que não pagar para ser visto? É preciso viver, aproveitar! É melhor haver arrependimento do que se faz, e não do que foi deixado de fazer. Isso por que, quando algo que se tem vontade é deixado de lado e não é feito, nunca saberemos como teria sido… afinal… não vivemos!  (Dúvida cruel)

“A vida é feita de oportunidades e não é toda vida que elas aparecem. Quando aparecerem, saiba aproveitá-las!”

Olívia Figueredo

 

Pessoas especiais aparecem em nossas vidas, e chegamos a sentir até um pouco de medo diante de uma oportunidade tão especial. ‘Enchemos’ nossas cabeças de “Porquês”, dúvidas; principalmente quando junto de tal pessoas, vem acompanhado algumas pendências.

É necessário que saibamos ter um pouco de cuidado e esperar menos ( isso não quer dizer que deixaremos de viver… muito pelo contrário… VIVAAAAA!), deixar as coisas possam fluir … por outro lado, faz-se necessidade que esse alguém especial tome cuidado para não brincar com sentimentos(mesmo sem querer), e que possa, acima de tudo, usar da sinseridade com grande parceira.

Convivência, carinho, atenção, reciprocidade… só aproximam!  Quando há carinho, amor, afeto, companheirismo… tudo só cresce!

 

“Quando agente ama brilha mais que o sol, é muita luz, é emoção. Quando agente ama é o clarão do luar que vem abençoar o nosso amor…”

(Música: Maria Rita)


… Cada olhar fala mais que mil palavras, cada toque de carinho expressa o sentimento mais verdadeiro que vem do coração…  Quando se está junto de quem se gosta o coração bate forte, a presença é satisfatória e o sentimento de estar bem só aumenta…

Você está sentindo isso??? Ahhh… é com muito prazer que lhes digo… Você está gostando!!! rsrsrrsrsrs

Não tenha medo de APROVEITAR!!! VIVAAAA!!!

Esqueça impecílios a sua volta, esqueça os medos, esqueça a insegurança…  O amor é um ‘MoSáIcO’. Aos poucos é construído e montado com pequenos pedacinhos que talvez sozinhos não significam nada, mas juntos fazem a diferença.

Só sinta-se bem e feliz poder sentir o maior de todos os sentimento que alguém pode vivenciar, O AMOR!

 

Olívia Figueredo ( @_Olivia_F )

Entradas Mais Antigas Anteriores

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.